economizar na renovação do seguro

Renovação de seguro: como pagar muito menos

Seu seguro está quase vencendo e você está pensando em como economizar na renovação do seguro? É muito importante ficar bem atento neste momento, pois o preço do seguro pode variar até 50% de uma seguradora para outra, de acordo com pesquisa realizada pela Proteste, que apontou a variação do preço do seguro para os 10 modelos mais vendidos do Brasil. Se colocar na balança as empresas de proteção veicular a diferença pode ser ainda maior.

Se você quer saber como você pode salvar um dinheirinho na hora de renovar o seguro sem correr o risco de deixar o seu veículo desprotegido este artigo é para você. Confira abaixo 9 dicas para economizar na hora de renovar o seguro auto.

Como economizar na renovação do seguro

1) Pesquise exaustivamente

Como citamos, o preço pode variar muito de uma empresa para outra. Portanto, é fundamental verificar os valores oferecidos no mercado para não correr o risco de pagar mais caro que o necessário.

Hoje em dia existem várias corretoras online em que você pode simular os preços de forma bem rápida, prática e de graça.

Mas, não escolha a empresa somente pelo valor, verifique a eficiência em caso de eventos. Veja se elas são rápidas em indenizar os seus clientes, ou se existem muitas burocracias para receber. Uma boa forma de checar essa informação é olhando o perfil da seguradora ou associação de proteção no Reclame Aqui.

2) Não deixe para última hora

Se você decidir renovar o seu seguro na mesma empresa, o ideal é que, mesmo assim, pesquise com diferentes corretores, já que a taxa de comissão pode variar.

Outro detalhe que muitas pessoas não se atentam é para a renovação automática do contrato. Algumas empresas enviam uma proposta de renovação pelo correio e, caso o cliente não se pronuncie, ela é considerada aprovada e começa a ser cobrada. O que pode parecer muito conveniente pode se tornar um pesadelo. Muitas vezes o valor aumenta muito e o cliente fica preso a um valor muito acima do necessário.

3) Corretor de confiança

Este profissional é extremamente importante nesta hora. Ele pode ajudar com as questões contratuais , além de indicar as coberturas mais indicadas para o seu perfil.

Um bom corretor também pode ajudar a gerar economias, tanto no valor a ser pago quanto em relação ao tempo em caso de sinistros.

Além de se esforçar para buscar a apólice com melhor preço, um corretor mais atencioso pode lembrar o cliente de preencher pontos do questionário que gerem descontos e pode acelerar o processo de indenização, afinal um corretor mais experiente pode ter um canal direto com o departamento de sinistros das seguradoras.

4) Se possível, evite deixar o carro pernoitar na rua

Se o seu carro passa a noite fora da garagem você pode pedir o corretor para simular também a cotação caso ele ficasse na garagem. Dependendo da diferença de valores pode valer a pena pagar por um estacionamento particular para o veículo.

O valor para carros que pernoitam fora da garagem são um risco maior para a segurança e por isso podem custar mais caro.

5) Use dispositivos de segurança

Ter equipamentos de segurança, como rastreadores e alarmes, no carro pode render um bom desconto no valor da apólice. Há, inclusive, empresas que oferecem a instalação do rastreador de graça ou por um ótimo valor com empresas parceiras.

Isso acontece porque carros que possuem dispositivos como esses, são mais difíceis de serem roubados sem que sejam rastreados e recuperados posteriormente.

6) Fuja dos veículos visados

Esta é uma dica para quem vai trocar de carro. Faça cotações de vários modelos antes de fechar a compra. Assim você não será pego desprevenido, caso o automóvel escolhido tenha uma apólice alta.

Os carros utilitários, por exemplo, têm seguros mais caros porque ficam expostos ao risco por mais tempo.

Mas tome cuidado ao analisar os dados, alguns veículos podem ter alto número de roubos simplesmente porque têm um número grande de carros em circulação. Por isso, o ideal é olhar a relação entre os roubos e a frota e não apenas o número absoluto de roubos.

7) Dispense coberturas extras

Hoje em dia as seguradora oferecem inúmeros serviços adicionais, como assistência residencial par consertos de eletrodomésticos ou encanador. Verifique se vale a pena pagar a mais por isso. Veja também se alguém na sua casa já não possui este serviço para não pagar duas vezes.

8) Não seja um mau devedor

Muita gente não sabe, mas ter o nome negativado pode influenciar no preço do seguro. Tente manter suas finanças em dia.

9) Compare o valor dos Seguros e das Proteções Veiculares

Mais uma maneira de economizar é cogitando as proteções veiculares. Compare os preços e os serviços das Associações com as Seguradoras e veja se eles conseguem atender. A maioria das Associações de Proteção Veicular oferecem os mesmos benefícios que as seguradoras e por um preço muito melhor.

Uma outra vantagem das associações é a forma de pagamento. Nelas é possível pagar tudo parcelado em pequenas quantias mensais. Pesquise se esta não é a melhor solução para você.

Enfim, analise bem o que você precisa, faça uma boa pesquisa com várias Empresas de Seguros e Associações de Proteção Veicular, verifique os preços e serviços oferecidos e escolha  que melhor atender às suas necessidades.

chuvas de granizo

Next Article

Chuvas de granizo: como proteger meu carro?

Sem comentários

Cancelar